FISIOTERAPIA INTEGRATIVA

A Fisioterapia Integrativa utiliza técnicas complementares à abordagem convencional,  a fim de obter maior efetividade no tratamento proposto.

Grande parte das disfunções tratadas pela Fisioterapia são fortemente influenciadas pelas nossas experiências “como um todo”.

Nesse modelo terapêutico, são utilizadas diversas técnicas que permitam um “olhar”, “escuta atenta” e intervenção aos aspectos emocional, mental e social do paciente.

 

Acupuntura – Aurículo Acupuntura

Estímulo de pontos específicos para equilíbrio energético e tratamento e prevenção de diversas doenças, e promoção e manutenção da saúde e bem-estar

Destacam-se efeitos em: Stress, ansiedade, agitação, depressão, esgotamento, cansaço, insônia, síndrome do pânico, disfunções sexuais, traumas, bloqueios, dores articulares, músculo-esqueléticas (coluna, ombros, joelhos, quadris, pés, mãos, tendinites, câimbras, pinçamentos nervosos, tensões musculares, hérnia de disco), dores de cabeça, enxaquecas, cólicas menstruais, digestão lenta, gases, gastrite, transtornos intestinais, transtornos urinários, disfunções respiratórias entre outros.

 

Meditação – Yoga – Relaxamento

Se destina a todas as pessoas e apoia um maior controle da mente e emoções, proporciona melhor disposição física para lidarem com as questões do dia a dia de uma maneira mais serena

Apoio excelente em condições de desafios, transformações, susceptibilidade a opiniões e solicitações de terceiros

Gravidez – gerenciamento da ansiedade com o parto e com o futuro, maior percepção e contato com o bebê, percepção das próprias necessidades, equilíbrio emocional e preparação para as transformações em todos os aspectos

Melhor vivência da sexualidade e apoio para lidar com registros traumáticos e de abuso, de uma maneira suave, respeitosa e acolhedora

Ansiedade e stress

Situações de doenças crônicas  pessoal ou familiar

Depressão

Dificuldade em desfrutar das suas conquistas e de condição sócio-econômica estável

Dificuldade em atravessar situações de dificuldades sócio-econômicas

Melhor bem-estar e alegria de viver

 

Massagem Ayurvédica

 

Shantala

Grandes mudanças ocorrem nos primeiros meses de vida do bebê. Nesta fase, o papel dos pais é fundamental para que ele adquira confiança e segurança em relação ao ambiente em que vive.

A Shantala é uma massagem indiana, indicada para ser feita em bebês à partir de um mês de vida. (LEBOYER, 1995)

Entre os seus benefícios, estão o relaxamento, alívio das cólicas, melhora da qualidade do sono e aumento do vínculo entre pais e bebês, proporcionando segurança e estreitamento dos laços afetivos.

Segundo Spitz, “Todas as relações interpessoais têm sua origem, inicialmente, na relação mãe e filho.” (SPITZ, 1979). Ele observou que bebês alimentados e vestidos, mas que não recebiam afeto, apresentavam atraso no desenvolvimento, falta de apetite e desinteresse em se relacionar.

Em uma abordagem no ambiente domiciliar, onde o bebê encontra-se familiarizado, a Shantala proporciona, através do toque, a auto-percepção do bebê que passará a conhecer melhor o seu corpo e explorará mais o ambiente. Os pais também aprendem a conhecer e reconhecer as expressões corporais do bebê, promovendo um canal a mais de comunicação. Ao final do atendimento, os pais são ensinados e orientados a realizar no bebê um delicioso banho de ofurô.

 

Terapia Manual

Alguma dúvida sobre esse conteúdo? Envie pra gente.

Enviar dúvida